Saltar os Menus

Notícias

4 de Dezembro de 2017

DOCUMENTO EM DESTAQUE

O documento do mês de dezembro de 2017 é a cópia do telegrama que na manhã de 13 de dezembro de 1904, o Secretário do Governo Civil, Ruy da Câmara envia ao Ministro do Reino (o equivalente ao atual Ministro da Administração Interna) a comunicar a “insubordinação no seminário”.

Pela meia-noite de 12 para 13 de Dezembro de 1904, os alunos internos do Seminário de Bragança amotinaram-se, rugiram sinistramente em cavernosa voz disfarçada, dispararam tiros com armas de fogo, provavelmente revólveres ou pistolas, arrombaram as portas dos quartos, despedaçando a golpes de machado seis que ofereceram maior resistência, ficando algumas completamente inutilizadas, correram tumultuosamente pelos corredores, quebraram os candeeiros da iluminação e os escarradores e, entrando nos quartos dos prefeitos, esfrangalharam as cadeiras e mesas que neles havia a golpes de machado, como bem se conhecia pelos vestígios das pancadas.” (Alves, Francisco Manuel, Reitor de Baçal. – Memórias Arqueológico – Históricas Do Distrito De Bragança, Volume II, págs.: 351-371.)

Desta forma inicia o Abade Baçal a descrição deste episódio que abalou Bragança no mês de dezembro de 1904, tendo repercussões em todo o distrito e até a nível nacional (levando mesmo o a intervenção ministerial) e internacional com notícias em jornais de Roma.

PT-ADBGC-AC-GCBGC-ADG-EX-LV0219-Fl. 35

 

 

 

 

 

Esta notícia foi publicada em 4 de Dezembro de 2017 e foi arquivada em: Documento em destaque.

Comente esta notícia