Saltar os Menus

Notícias

1 de Setembro de 2020

Invocação da Fé – Memória do Santuário e Novena da Senhora da Serra, Bragança

O documento do mês de setembro destaca a Memória do Santuário e Novena da Senhora da Serra – livro do fundo da Confraria da Nossa Senhora da Serra [1825/1850] – PT-ADBGC-CON-CNSSR-00124.

08 de setembro – neste dia, realiza-se a Romaria ao Santuário de Nossa Senhora da Serra de Rebordãos – Bragança, onde está patente a Fé como motor de uma espiritualidade rejuvenescente, e de grande simbolismo transformador dos seus fieis.

Há pessoas que alugam ali instalações e permanecem lá todo o tempo da novena fazendo um retiro espiritual, numa simbiose entre o sagrado e o profano.

O documento do mês, destaca a memória factual da origem da fundação do Santuário de Nossa Senhora da Serra, bem como a memória histórica da novena de 1817, para invocar chuva, e por fim, o mapa com o rol de pessoas e os respetivos lugares, que assistiram à novena, desde 1825 a 1850.
O Santuário de Nossa Senhora da Serra de Rebordãos é um dos mais elevados do nosso país, situando-se a 1318 m de altitude (41º43’05”N e 6º51’17”W). Rebordãos é uma freguesia do concelho de Bragança.

Conta a lenda que uma pastorinha muda andava com o rebanho nesta Serra da Nogueira e lhe apareceu Nossa Senhora pedindo para construírem ali uma capela. Há outra lenda que diz que a pastorinha encontrou ali uma imagem. A realidade é que desde tempos remotos o alto deste monte é um lugar sagrado e de grande devoção. Este Templo impele-nos à oração, contemplação e meditação em pleno silêncio e harmonia com a natureza, num acto puro com o cosmos.

A romaria realiza-se a 8 de setembro e a população da região dá muita importância à novena que a precede.

Esta Capela já teve o nome de Nossa Senhora das Neves e dizem que já ali nevou em 5 de agosto e possui água “milagrosa”

Esta festividade atrai milhares de devotos à qual está também associada a componente gastronómica e lúdica, como um todo ascético.

Esta notícia foi publicada em 1 de Setembro de 2020 e foi arquivada em: Documento em destaque.
Arquivo Distrital de Bragança